Notícias

Tecnologia e equipe qualificada fazem parte da CME do Hospital Pilar

14/06/2018 18:25:47

A importância da Central de Materiais para o bom atendimento hospitalar.
Local responsável pela limpeza e processamento de artigos e instrumentais médico-hospitalares, a Central de Materiais e Esterilização (CME) é parte fundamental em um ambiente hospitalar, pois evita a contaminação em cirurgias e curativos, entre outros procedimentos. No Hospital Pilar a CME segue as normativas recomendadas para garantir o reprocessamento dos materiais com qualidade, além disso, oferece uma ampla estrutura adequada com equipamentos e recursos tecnológicos de ponta.

Segundo a gerente do setor, a enfermeira Janine Mafra, graduada em enfermagem e pós-graduada em centro cirúrgico e central de materiais e esterilização, além de especialista em gerenciamento de serviços de enfermagem e saúde, o Hospital Pilar trabalha conforme as exigências da RDC 15/2012 da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), que dispõe sobre requisitos de boas práticas para o processamento de produtos para a saúde. “Todos os equipamentos deste setor são validados e qualificados para termos a certeza dos parâmetros. Essa é a comprovação de que o trabalho está sendo bem executado”, destaca.

Entre os diferenciais do espaço, que funciona 24h para atender toda a demanda do hospital, estão autoclaves - máquinas de esterilização e termodesinfectoras de última geração. Há ainda a preocupação com a equipe, que recebe tarefas delineadas e educação contínua para atualizar os conhecimentos.

Para Janine, o bom resultado nos procedimentos hospitalares é uma soma de diversos fatores. “A qualidade dos serviços prestados pela central de materiais tem papel fundamental nessa equação para o êxito no atendimento hospitalar. O trabalho da CME é refletido nas taxas de infecção cirúrgica, que no Hospital Pilar são comparadas com os melhores centros de referência nacional e internacional”, completa.



 

voltar